quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Por que as pessoas entram na sua vida?




Pessoas entram na sua vida por uma "Razão", uma "Estação" ou uma "Vida Inteira". Quando você percebe qual deles é, você vai saber o que fazer por cada pessoa.

Quando alguém está em sua vida por uma "Razão"... é, geralmente, para suprir uma necessidade que você demonstrou. Elas vêm para auxiliá-lo numa dificuldade, te fornecer orientação e apoio, ajudá-lo física, emocional ou espiritualmente. Elas poderão parecer como uma dádiva de Deus, e são! Elas estão lá pela razão que você precisa que eles estejam lá. Então, sem nenhuma atitude errada de sua parte, ou em uma hora inconveniente, esta pessoa vai dizer ou fazer alguma coisa para levar essa relação a um fim. Ás vezes, essas pessoas morrem. Ás vezes, eles simplesmente se vão. Ás vezes, eles agem e te forçam a tomar uma posição. O que devemos entender é que nossas necessidades foram atendidas, nossos desejos preenchidos e o trabalho delas, feito. As suas orações foram atendidas. E agora é tempo de ir.

Quando pessoas entram em nossas vidas por uma "Estação", é porque chegou sua vez de dividir, crescer e aprender. Elas trazem para você a experiência da paz, ou fazem você rir. Elas poderão ensiná-lo algo que você nunca fez. Elas, geralmente, te dão uma quantidade enorme de prazer... Acredite! É real! Mas somente por uma "Estação".

Relacionamentos de uma "Vida Inteira" te ensinam lições para a vida inteira: coisas que você deve construir para ter uma formação emocional sólida. Sua tarefa é aceitar a lição, amar a pessoa, e colocar o que você aprendeu em uso em todos os outros relacionamentos e áreas de sua vida. É dito que o amor é cego, mas a amizade é clarividente. Obrigado por ser parte da minha vida.

Pare aqui e simplesmente SORRIA.

"Trabalhe como se você não precisasse do dinheiro,
Ame como se você nunca tivesse sido magoado, e dance como
se ninguém estivesse te observando."

"O maior risco da vida é não fazer NADA."

terça-feira, 18 de outubro de 2011

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

(...)

"Mesmo no fundo do poço
Estarei olhando para o céu
Vendo o brilho do sol
E ouvindo o canto dos passáros
Eu ainda acreditarei na beleza da vida."

"O silencio me infeitiça
A alegria me dá vertigem
O medo me enfraquece
e a fé... essa me fortalece."

"Há dias que ela não se intusiasma. Parou de sonhar, mas continua a acreditar."

“Eu passo,
Você passa,
Nós passamos.”
Passamos na mesma faixa,
Passos lado a lado.
Nossas almas se esbarraram
Você sorriu verdadeiramente, eu sorri de desespero
Abaixei a cabeça, não olhei para trás.
Segui meu caminho colhendo rosas e me ferindo com espinhos.”

spo.